Cronograma linha de balanço: O que é, e qual sua aplicabilidade

Em um planejamento de longo de prazo, busca-se pensar o desenvolvimento de uma obra de construção civil de maneira completa, do início ao fim. Isso significa que é um plano que define o ritmo das atividades no tempo, como fundação, estrutura, alvenaria e instalação elétrica, por exemplo.

Ainda em relação a esse nível de planejamento, outra importante decisão é a formulação de uma estratégia de sequenciamento da obra, para que assim a equipe de trabalho realize suas atividades de maneira harmônica.

Para elaborar um plano de obra eficiente é preciso, muitas vezes, contar com técnicas de programação, como o cronograma linha de balanço. Sabe do que se trata? Na dúvida, continue a leitura. Aqui, apresentamos o que é, quais são seus benefícios e aplicabilidades. Confira!

O que é um cronograma linha de balanço? Origem e conceito

De acordo com um texto que foi publicado pelo blog Lean Construction, o qual aborda conteúdos relacionados à gestão na construção civil, o cronograma linha de balanço é uma técnica na qual são especificadas informações a respeito do início e fim das atividades, bem como o tempo de duração de cada uma dentro da execução de um empreendimento.

Ainda conforme o texto, é uma técnica de programação de tarefas que foi criada pela Goodyear, nos anos de 1940, a priori, para programar o fluxo de trabalho dos processos industriais. Hoje, esse é um dos métodos mais conhecidos pelos pesquisadores de projetos de programação de tarefa linear.

A sua aplicação na construção civil se deu, basicamente, nos anos de 1950, na Europa, em obras com serviços repetitivos, como estradas, por exemplo. Todavia, nos últimos anos, ela tem sido aplicada em diversos tipos de empreendimentos, como conjuntos habitacionais (prédios, edifícios, etc.).

Na ótica de alguns pesquisadores, a linha de balanço se resume ao conceito de que as atividades são repetidas inúmeras vezes dentro de um empreendimento. Por exemplo, o serviço de revestimento é feito inúmeras vezes dentro de um conjunto habitacional com mais de um bloco. Se isso não for gerido adequadamente, a conclusão da obra poderá sofrer atraso.

O que a técnica faz ao lidar com essa possível realidade? Permite o planejamento e controle das atividades repetitivas, ou não, de uma edificação, por meio da linha de balanço.

Ao fazer uso dessa estratégia, o responsável pela obra passa a ter uma visão mais completa e simples da execução das atividades, uma vez que a ferramenta é visual (gráfico linear com as tarefas a serem realizadas). Com isso, pode melhorar a eficiência e produtividade do canteiro da obra.

Benefícios do cronograma linha de balanço

O cronograma linha de balanço pode trazer diversos benefícios para o desenvolvimento de uma obra, conforme um estudo desenvolvido por Ana Beatriz, que é mestre em Engenharia de Produção.

A seguir, apontamos os principais, tomando por base o trabalho que ela publicou sobre o assunto, cujo título é “Análise de viabilidade da aplicação da linha de balanço em obras“.

  • Facilidade no processo de compreensão do gráfico que apresenta o desenvolvimento da obra, o que pode facilitar o processo de troca de informações entre gestores e trabalhadores do canteiro. Com outras palavras, facilita o processo de comunicação, melhorando a sua eficiência na prática;
  • É possível obter maior controle em relação ao ritmo em que as atividades são colocadas em execução, o que, na prática, permite ao gestor ou coordenador da obra implementar soluções que possam trazer maior produtividade, se for o caso;
  • Possibilita a visualização das atividades ou processos que estão adiantados e que podem, portanto, resultar em recursos operacionais além do necessário;
  • Permite a visualização das unidades concluídas por unidade, atividade ou grupo de trabalho, de modo a obter maior controle em relação ao prazo de entrega da obra completa;
  • Possibilita identificar qualquer interferência que possa colocar em risco o planejamento de execução da obra e a sua consequente conclusão no prazo determinado.

Os pesquisadores ainda destacam que a técnica de linha de balanço permite a fixação de metas bem definidas, o que, na prática, clarifica a mente dos profissionais envolvidos no desenvolvimento do empreendimento, fazendo com que eles entendam o seu papel no processo de busca de conquista de tais metas.

Aplicabilidade do cronograma linha de balanço: noção básica

É importante ressaltar que o cronograma de linha de balanço tende a obter maior êxito quando aplicado a atividades repetitivas, como por exemplo, no processo de construção de pavimentos ou qualquer outra operação que exija um processo repetitivo.

Segundo Ana Beatriz, o primeiro passo para iniciar a aplicação dessa solução é determinar qual será a unidade base a ser repetida, para que dessa maneira se possa realizar o planejamento.

Por exemplo, em uma obra de construção civil com diversos andares, é comum fazer uso do cronograma linha de balanço para planejar a execução de pavimentos (unidade básica de um empreendimento a ser executado).

Não se recomenda, vale dizer, aplicar tal técnica em unidades menores, como por exemplo, cobertura, subsolo e áreas externas, pois não se observa tarefas repetitivas.

O segundo passo consiste em quantificar os serviços a serem executados. Depois, busca-se definir o tamanho da equipe, a produtividade esperada, bem como a duração das atividades por unidade, como o pavimento, se for o caso.

Cumpre dizer que é importante que defina uma equipe para cada atividade a ser executada, pois assim o trabalho se desenvolve de maneira mais produtiva e eficiente.

Por fim, como último passo, deve-se acompanhar o cronograma linha de balanço, de modo a verificar se tudo que planejou está saindo conforme o esperado. O monitoramento é fundamental para garantir que as metas sejam alcançadas no tempo proposto, o que pode influenciar positivamente na entrega da obra no tempo certo.

Como podemos ver, o cronograma linha de balanço se apresenta como uma técnica de gestão essencial para o coordenador de obra que deseja obter maior êxito nas atividades repetitivas por unidade ou fase, bem como alcançar as metas que foram traçadas com maior velocidade.

Ficou alguma dúvida? Em caso de resposta positiva, não deixe de entrar em contato conosco. Combinado?

Posts relacionados

Receba conteúdo da nossa newsletter

Menu
×