Checklist para otimizar o controle de custos de obras

O controle de custos de obras é uma das coisas mais importantes para o ramo da construção civil. Sem ele, uma reforma que seja pode sair do controle e ficar muito mais cara do que o previsto. Para que este controle não se perca, é preciso organização. Por isso, o mais indicado é criar uma checklist que otimize o controle de custos.

Sendo assim, decidimos produzir este artigo para ajudar você a produzir uma boa checklist de controle de custos de obras. Leia o artigo até o final e saiba mais!

Assista a nossa aula gratuita de controle de fluxo de caixa na construção civil




 

1. Manter a precisão sobre a margem de lucro

É preciso ter noção de quanto sua empresa vai lucrar com o projeto antes dele ser terminado. Isso ajuda muito a ter um norte no controle de custos de obras. Para ficar sempre ciente dessa informação, é preciso ter como foco alguns cuidados. Entre eles estão:

  • Como é feito o acompanhamento do seu fluxo de caixa?
  • Quem faz esse cálculo? Você ou um contador?
  • Isso é feito todo dia ou só de vez em quando?
  • Essas informações estão sempre disponíveis para você ou ficam guardadas no escritório da construtora?

 

2. Fazer, em tempo real, a checagem da saúde financeira de sua empresa

 

É preciso checar sempre, em tempo real, o fluxo de caixa de seu negócio. Se não for possível visualizar as despesas e as entradas de dinheiro de maneira fácil e automática, é muito mais desafiador manter o controle de custos de obras. E muito mais difícil fazer seu negócio crescer.

3. Fazer o controle do que foi planejado e o do que foi realizado

É preciso ter uma boa gestão do que foi previsto e do que foi realizado para conhecer o que é mais custoso para sua obra agora. E isso precisa ser bem feito em cada etapa do trabalho, pois poderá modificar alguns padrões e ideias iniciais, se adequando melhor ao controle de custos. Sempre é bom tentar reduzir os gastos mais altos de uma obra para ter um melhor controle dos gastos.

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.

4. Calcular os gastos para que se possa fazer reduções onde for possível

Isso é uma questão óbvia. Quando algo sai do controle do planejamento financeiro, é preciso parar, verificar em que se está gastando mais e buscar soluções para reduzir estes custos. Claro que não estamos falando aqui em comprar material mais barato e de baixa qualidade. Mas sim, de buscar fornecedores de um mesmo produto que tenham melhores preços e condições. Isso é importante não apenas nos negócios, mas em qualquer área da vida.

 

5. Conheça quais são os desvios nos custos

Este ponto da checklist é praticamente o mesmo citado acima. A diferença está na definição de desvios. Eles são coisas que não tem tanta necessidade assim. Esses cálculos precisam ser realizados o tempo todo, para que não se perca o controle de custos de obras.

Gostou deste post? Leia mais matérias interessantes sobre construção civil em nosso blog. Visite também nossas redes sociais. Conheça nossos serviços por meio de nosso site e entre em contato pelo nosso telefone para tirar qualquer dúvida.


Categorias:
BlogControle

Recentes da categoria:

Recomendados para você:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Mais de 1 mil gestores de obras recebem nossos conteúdos todos os meses!

Menu
×