Gestão de mão de obra: como aumentar a produtividade da equipe?

Nenhum comentário
Engenheiros fazendo gestão de mão de obra

Uma boa gestão de mão de obra é um dos principais motivos para o sucesso de um empreendimento, afinal, os operários são fundamentais para colocar em prática todo o conceito e métricas de uma obra. Estimular a produtividade da equipe garantirá uma entrega no prazo e com a qualidade esperada pelo cliente.

Para os engenheiros e mestres de obras, saber gerenciar suas equipes é fundamental para alcançar os resultados positivos no empreendimento e ampliar a produtividade da sua equipe.

Vale ressaltar que uma boa produtividade não se restringe a produzir mais em menos tempo, mas também conseguir reduzir o uso de diferentes recursos, reduzir custos, otimizar a utilização de equipamentos e máquinas, evitar o retrabalho, entre outros detalhes. Na prática, é um jeito de cumprir tanto o cronograma quanto o orçamento, entregando com qualidade.

A fim de aumentar a produtividade é preciso seguir algumas dicas que irão impactar positivamente em sua gestão de mão de obra e na cultura de trabalho. Confira as principais que preparamos.

Aprimore a comunicação

Sem dúvidas a falta de comunicação é um dos maiores males de qualquer negócio, principalmente daqueles que dependem de um alinhamento entre equipes para ocorrer em sinergia, como de construção, por exemplo.

A falta de interlocução entre as equipes de construção pode gerar diversos problemas na execução das atividades, causando atrasos nas entregas e até mesmo a paralisação da obra. Além disso, acidentes de operários ou conflitos interpessoais podem se tornar frequentes pela falta de comunicação. Por esses motivos, é crucial facilitar a transmissão das mensagens entre as equipes.

Além disso, comunicar sobre as especificações da obra, mudanças nas diretrizes ou novas orientações técnicas são ações necessárias para que a mesma seja entregue conforme o projeto e conforme as necessidades do cliente.

Atualmente, existem diversas ferramentas que podem ser usadas para aprimorar a comunicação no canteiro de obras e também fora dele, como aplicativos específicos de monitoramento e comunicação por meio de dispositivos móveis. Assim, é possível fazer solicitações de manutenção corretiva, abertura de novas ordens de serviço e medições de obras, por exemplo.

Delegue metas e responsabilidades

O estabelecimento de metas, em qualquer trabalho, auxilia os trabalhadores a compreenderem o processo ao qual estão participando e a criar interesses desafiadores para direcioná-los. Além disso, ajuda os colaboradores a compreender exatamente quais são as responsabilidades na obra, de modo que todos saibam o que é esperado da própria atuação.

Com metas bem definidas, as pessoas sentem-se mais focadas e fazendo parte de algo maior, o que impacta diretamente na produtividade. O mais recomendado é que você na gestão de mão de obra, defina metas que tirem os funcionários de suas respectivas zonas de conforto, mas que, mesmo assim, sejam viavelmente alcançáveis.

Assim, além de estimular uma pluralidade nas tarefas, ainda se evita que, ao ter uma baixa no quadro de colaboradores, outros consigam substitui-los em suas funções.

Ao definir essas metas, outra ação interessante é criar um programa de incentivo e recompensas para quem conseguir atingir os objetivos e metas estipuladas. Assim, a produtividade também aumenta.

Qualifique a mão de obra

Qualificação é sinônimo de produtividade. Quando o gestor prepara seus profissionais para as funções que lhe cabem, estimula-se o interesse pela mesma (aumento da produtividade) e evita-se que erros e retrabalhos aconteçam durante a obra. Além disso, consegue reduzir custos e o tempo de entrega devido à maior assertividade nas atividades e à maior qualidade dos trabalhos.

Powered by Rock Convert

Portanto, reforce a qualificação da mão de obra através de treinamentos e capacitações para que todos saibam como agir em cada situação. Sua empresa pode contratar uma escola especializada para esse treinamento, a fim de reduzir os custos.

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert

Organize os processos de trabalho

No setor da construção civil, grande parte das atividades é feita baseando-se em processos previamente estabelecidos. Quando os processos não são executados com clareza e existe falta de organização nos planejamentos, muito tempo acaba sendo perdido em atividades muitas vezes desnecessárias. Além disso, erros podem acontecer por falta de organização dos processos.

Para evitar esses entre outros problemas que podem surgir, é preciso organizar os processos, definindo prazos para a execução de cada etapa e acompanhando os operários em suas atividades.

Uma dica prática e eficaz é criar um organograma que demonstre, etapa por etapa, o que deve ser feito, como e em qual prazo deve ser entregue. Assim, além de ganhar tempo, o número de erros e desperdício de materiais diminuirão drasticamente.

Reconheça e dê feedbacks à equipe

O reconhecimento de boas atitudes no ambiente de trabalho é um fator decisivo no aumento da produtividade e na sua gestão de mão de obra. Comprovado por estudos na área de gestão de pessoas, reconhecer boas atuações e resultados positivos consegue estimular o profissional a produzir mais e alcançar mais marcas satisfatórias.

Para isso, é preciso investir em feedbacks constantes sobre o trabalho e desempenho dos seus colaboradores. Exponha tanto os feedbacks positivos, exaltando o bom desempenho, como os pontos a serem trabalhados pelo profissional. Você pode fazer isso individualmente, com cada profissional, ou focando na produção em equipe.

Automatize processos

O avanço da tecnologia em diversos setores veio para facilitar e otimizar a rotina de trabalho. Assim, a automação de processos tornou-se um conceito cada vez mais presente em diversas áreas, como também na construção civil.

O objetivo de implementar ferramentas tecnológicas na construção civil está relacionado à otimização de tempo, eliminação de custos e, principalmente, estimular a produtividade.

Com soluções práticas e que tornem as tarefas menos complexas, consequentemente se produz mais e em menos tempo. Além disso, automatizar processos evita erros humanos e o retrabalho.

O apontamento eletrônico é um excelente exemplo de automação útil para o setor da construção e para a gestão de mão de obra, já que permite aos gestores analisarem o desempenho da equipe e desenvolverem ações com o intuito de eliminar os gargalos de produtividade, caso sejam identificados.

Além disso, como as informações são transmitidas em tempo real ao responsável, é possível que ele preveja cenários negativos em relação ao planejamento e consiga solucioná-los rapidamente (tomada de decisão), sem interferir nas entregas e nos prazos estabelecidos.

Conte com uma consultoria especializada para gerenciar sua obra. Acesse nossas redes sociais e, se tiver dúvidas, entre em contato conosco por telefone Minas Gerais (31) 3047-8037 ou São Paulo em (11) 3256-1600

.

Você também vai gostar
Blog, Gerenciamento

Conteúdos similares

Menu
×